sábado, 28 de abril de 2012

Infecções por bactérias nos kimonos – Cuidados essenciais.

A um tempo atrás, o programa Sensei SporTV, apresentado pelo judoca Flávio Canto, mostrou uma reportagem sobre as infecções que atletas de artes marciais podem pegar por conta de bactérias nos kimonos (judogi’s), luvas, ataduras, etc. Essas infecções podem em alguns casos levar à morte, como foi o caso do lutador de jiu-jitsu Paulo Agrizzi, que infelizmente faleceu após uma infecção bacteriana.




Como a reportagem mostrou, qualquer pequeno corte na pele é uma porta de entrada para esse tipo de bactéria. Então são importantes cuidados essenciais com os kimonos e também com a pele e a higiene. É importante sempre tomar banho antes e depois do treino. Se existe algum corte em sua pele, mesmo pequeno, que esteja aberto, vale a pena usar um band-aid ou esparadrapo para cobrir o pequeno corte durante o treino. E caso durante o treino surja algum corte ou ocorra um contato maior entre o olho, por exemplo, e o kimono, é importante lavar para evitar infeções.
Além disso, a higiene com o kimono é fundamental. Lavar o kimono pelo menos uma vez por semana, nunca deixá-lo na mochila após o treino, sempre pendurar o kimono após o treino, evitar emprestar seu kimono e evitar usar kimonos emprestados.
Lembre-se que o judogi que você veste demonstra o respeito que você tem pelo seu Sensei, pelo seu Dojo, pelos seus companheiros de treino e o respeito que você tem por você mesmo. E respeito é a base do Judô, portanto, respeite o Sensei, o Dojo, seus parceiros de treino e a si mesmo. Cuide de seu judogi e de sua saúde!

Cuidar do judogi signitica respeitar o sensei, o dojo, os companheiros e a si mesmo
Cuidar do judogi signitica respeitar o sensei, o dojo, os companheiros e a si mesmo